O LIVRO MAIS COMPLETO SOBRE HUMOR

Escreva melhor e seja mais criativo com o livro mais completo sobre humor editado no Brasil. "Faça-me rir - os segredos da comédia" é um compêndio de mais de 500 páginas, que reúne o que de melhor já foi pensado e escrito sobre comédia com dicas e ensinamentos de craques da humor mundial como Judy Carter, John Vorhaus, Scott Dikkers, Greg Dean, Gene Perret, Steve Kaplan, entre muitos outros. A publicação toma como linha mestre o livro "O Riso - ensaio sobre o significado do cômico" escrito pelo filósofo francês Henri Bergson para desvendar os mecanismos que nos fazem rir. Aprenda a escrever humor, piadas e muito mais. Além de apresentar as principais teorias sobre o riso e descobertas da neurociência a respeito de como o nosso cérebro percebe e reage às piadas. Dividido em 4 partes, o livro trata da Perspectiva da Comédia, ensina a criar uma Personagem Cômica do zero, desvenda as principais técnicas para você escrever uma história engraçada desde a sua Premissa Cômica. E a sua última parte é inteiramente dedicada a a escrever Piadas originais.

Fernanda Leite - escritora

"Seu livro é fantástico! Comecei a ler assim que entrou no meu Kindle. Nós, que escrevemos comédia, estávamos precisando com urgência de uma obra como essa. Muito obrigado e parabéns!"

Bárbara Oliveira - comediante

"Emilio, antes de tudo (antes de mais nada) parabéns pelo seu livro, é uma das minhas referências! Estou tentando ler "o riso", mas o seu livro facilitou muito a minha vida."

Tânia Gaidarji - @taniagaidarji

"Estou adorando o seu livro e relembrando os conceitos do Bergson. Com certeza vou aprender muitaaaa coisa. Espero conseguir escrever boas piadas!"

Rafael Leite Carvalho - @rafaeleitecarvalho

"Olá, Emilio! Feliz ano novo! Seus cursos e seu livro são maravilhosos. Parabéns por esses trabalhos. Obrigado por tornar o conhecimento bem mais acessível e feliz ano novo!"

APROVEITE ESSA OFERTA!

Use o cupom de desconto EBOOKDAVIRADA e economize 60% na compra do ebook "Faça-me Rir" na Hotmart. De R$49,90 por apenas R$19,96. Economize quase 30 reais!

Antonio Prata

Antonio Prata é escritor, cronista, dramaturgo e roteirista. É autor na Companhia das Letras com mais de dez livros publicados, entre eles “Nu, de Botas” e “Meio Intelectual, Meio de Esquerda”. É cronista da Folha de S. Paulo e roteirista na Rede Globo.

Quem não nasceu pra ginástica artística pode treinar o quanto quiser e jamais será ouro nas argolas. Mas quem tem a pré-disposição anatômica pro esporte e não treinar como um desgraçado tampouco subirá no pódio. Com o roteiro de humor (de drama também, mas o assunto aqui é humor) é a mesma coisa. Uma pessoa absolutamente sem graça não ficará hilária após ler um livro. Mas quem tem talento pra coisa precisa estudar se quiser fazer do talento um ofício. “Faça-me rir” está para a comédia como um treinador do leste europeu está para uma ginasta cheia de garra e anfetamina do lado de lá da cortina de ferro em 1978. Tenho certeza de que, caso você seja a ginasta em questão, vai melhorar muito depois de ler este lindo compêndio sobre a comédia — mesmo sem as anfetaminas. O Emílio reuniu aqui um resumo claro, didático (e divertido) do que já foi escrito de mais importante sobre o riso, de Aristóteles até anteontem. “Faça-me rir” deve ficar na mesa de cabeceira — ou, dada a grossura do catatau impresso, pode até ser a mesa de cabeceira — de todos aqueles que não nasceram com talento para nada de útil e tiveram que resignar-se a se vingar da vida com a pena da galhofa e a tinta da melancolia. Ou versa-vice.

Rosana Hermann

Rosana Hermann é roteirista, escritora e ri das próprias piadas, alegando que não confia em cozinheiro que não comeria da própria comida. @rosana

Sabe quando a gente pensa em fazer uma coisa genial, tipo, “vamos juntar tudo o que já foi escrito e teorizado sobre humor, ler tudo, fazer uma curadoria meticulosa, ver todas as referências de comédia no audiovisual e escrever um livro delicioso sobre o que nos faz rir?” Então, enquanto a gente ainda nem tinha pensado o Emilio já estava terminando o livro e pedindo para o David Chappelle, Henri Bergson e Jerry Seinfeld fazerem o prefácio. Mas, como uns já tinham morrido e outros nem responderam, ele acabou convidando o Caruso, o Prata e a mim, que era o que ele tinha mais à mão mesmo.

Emilio é um grande amigo recente, que eu já conhecia superficialmente de nome, mas não profundamente de Skype como conheço agora. Ainda estamos na fase da amizade em que ele não sabe se Hermann tem um ou dois ‘n’s e eu não tenho certeza se Emilio tem ou não tem acento no ‘i’. O que sei é que Emilio é um escritor dedicado, um leitor apaixonado, um dramaturgo consagrado, um ser humano generoso e gentil. E, por nossas frequentes reuniões em vídeo, sei que ele é um pai presente, um marido dedicado, um consumidor exemplar, que muitas vezes interrompeu nossas “lives” para atender sua filha pequena, sua mulher tamanho médio, o instalador da Vivo ou o moço que veio matar os cupins que comeram suas prateleiras, sempre com a mesma dedicação e apreço. Realmente, a terapeuta de Emilio está de parabéns.

Enfim, Emilio Boechat é um daqueles talentos gigantes que a gente torce para que um dia tenha uma versão mini em chaveiro de pelúcia pra gente pendurar na mochila. (Me nota, Kipling!)

O que você tem agora nas mãos é esse livro incrível, divertido e generoso, que compartilha conosco todo o aprendizado de Emilio ao longo desses anos e que, ainda cita livros, filmes, séries e propõe exercícios de humor e criatividade. O mínimo que podemos fazer diante de tanto trabalho e maestria de Boechat é inspirar fundo, soltar o ar e ler o livro inteiro. Se não der pra ler inteiro leia em partes também, só não deixe de inspirar e soltar o ar depois.

Não vejo a hora de acabar o livro só para começar a ler de novo.

Fernando Caruso

Fernando Caruso é ator, roteirista, comediante de stand-up, improvisador e professor de teatro, especificamente de comédia. Já criou programas de humor para o Multishow, para a TV Globo e para Internet. Quando se trata de Emilio Boechat, esquece tudo isso e vira somente espectador.

Eu jamais escreveria o prefácio de um livro que eu não li.

Pensa só: você escreve, indica, elogia, convence a pessoa de pé na livraria (ainda existem livrarias?) a gastar seu suado dinheirinho no material que ela tem em mãos e depois… ela se decepciona. E a culpa é toda sua! Por isso eu jamais escreveria o prefácio de um livro que eu não li. O risco selado entre as páginas de um livro não lido é incomensurável demais para a sobrevivência de qualquer noite de sono depois disso.

Dito isso, sou fã confesso, convicto e declarado de Emílio Boechat. Seu equilíbrio entre o nonsense Montypythoneano e o brasileirismo mundano me atinge perfeitamente no centro do peito. Logo de cara o nosso humor deu match no Tinder da comédia. Vi sua peça Camila Baker no teatro em São Paulo e no Rio de Janeiro mais vezes do que eu consigo contar. Cheguei a montar clandestinamente seu esquete O sol está quente e a água está ótima como aquecimento do meu espetáculo de improvisação (não me processa, Emilio! Foi uma vez só, eu juro!). Ainda sonho em algum dia atuar em uma de suas peças, não importando o tamanho do papel. Se você não conhece nenhum dos seus textos, eu sinto lhe dizer que a sua vida é um pouquinho pior do que a minha.

Tudo isso pra dizer que, quando o Emilio Boechat, em pessoa (ok, foi pelo Instagram, mas foi em pessoa), me convidou para escrever o prefácio do seu livro, eu aceitei na hora!

E aqui estou, escrevendo o prefácio do livro do Boechat sem nem ao menos tê-lo lido. Mas sigo confiante. Só o que você precisa saber é tudo o que eu sei até este ponto: Emilio Boechat, em pessoa, escrevendo sobre comédia. Eu estou tão ansioso pra ler esse livro quanto você. Quero muito conhecer, absorver e entender as sinapses cômicas por trás desse cérebro maravilhoso do qual eu sempre fui fã.

Eu jamais escreveria o prefácio de um livro que eu não li. Mas em se tratando de Emilio Boechat, escrevendo sobre comédia, eu assino até um cheque em branco. E durmo tranquilamente, sorrindo!

Boa leitura.

Marcelo Mansfield

Marcelo Mansfield é ator, humorista, diretor e produtor. Foi pioneiro do movimento de stand-up comedy nos anos 2000, quando produziu e atuou nos espetáculos Clube da Comedia (primeiro grupo do gênero em São Paulo e segundo no Brasil) e Nocaute, que esteve em cartaz e em turnê por mais de 6 anos.

Todo mundo, seja quem for e onde estiver, se acha engraçado. Alguns são mesmo, aquele tipo de pessoa que só de entrar numa sala já faz todo mundo sorrir. Outros são os “tiozões do Pavê”, que acham que estão sempre abafando.

Um sabe rir de si mesmo. Outro, mais sarcástico, só ri dos outros. Uns são tão mal-humorados que se tornam engraçados; enquanto outros, ao contrário, se acham os palhaços de plantão, mas deixam todo mundo de cara amarrada.

Porem, existe uma turma de pessoas, que tem mais do que essa facilidade de fazer rir: são os profissionais da comédia: comediantes, humoristas, as vedetes do teatro de revista, os palhaços de circo, os músicos que fazem parodia, os repentistas que “de repente” arrancam gargalhadas, os roteiristas de programas humorísticos… alguns conseguem fazer rir sem abrir a boca, só com seu humor físico, através da sua pantomima; outros “metralham” a plateia com tantas piadas que mal da tempo do público respirar.

Pra todos esses, e mesmo para os curiosos que citei acima, temos aqui uma bíblia, um estudo que “estuda” o riso, que trabalha o “trabalho” do comediante, que mostra os segredos que são guardados desde que a comedia surgiu 500 anos AC.

Fica fácil entender o assunto “Comédia” quando você lê essas “Bem Traçadas Linhas”. Mesmo que você só faça a piada do pavê no seu “Especial de Natal em Família”

Recomendo muito!

COMPRE COM 60% OFF

Aproveite essa super promoção de Natal para comprar o ebook de "Faça-me Rir" com um desconto de 60%. Para aproveitar a promoção, basta usar o cupom EBOOKDAVIRADA na página de pagamento da Hotmart.

Aproveite a garantia de 30 dias!

Compre o livro e leia por 30 dias. Se você não gostar do conteúdo, eu devolvo o seu dinheiro. Portanto, você não tem nada a perder.

Ganhe um bônus exclusivo!

Aproveite essa oferta! Ao comprar o ebook ou o livro físico, você ganha também a apostila EXECUTIVOS NÃO SABEM RIR, que te ensina a misteriosa lógica da comédia.

Sobre o autor

Emilio Boechat tem mais de 30 anos de experiência escrevendo humor para rádio, teatro, cinema e TV. Já trabalhou para os principais player do mercado brasileiro: Globo, Globoplay, Record, Band, Multishow, GNT, Disney+ e Paramount+. Escreveu 3 dos 10 filmes de maior bilheteria do cinema nacional. É o ganhador do Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Dramaturgia Original em Musicais (2023) e já foi indicado a diversos prêmios como Destaque Imprensa Digital (2023-2022), Rio Web Fest (2020), Troféu Mambembe (1998) e APETESP (1991). Entre suas obras estão os musicais: “Ney Matogrosso – Homem com H”; “Uma noite na Broadway”; “Silvio Santos vem aí”; “Camila Baker – a saga continua”; o filme “Barraco de Família” e a série “A Secretária do presidente”. Escreveu com Ingrid Guimarães os roteiros do programa "Mulheres Possíveis" (GNT). Com Miguel Falabella e Rosana Hermann escreveu os roteiros da série "O Coro, sucesso aqui vou eu" e da minissérie "O Som e a Sílaba". Escreveu novelas como “Os Dez Mandamentos”; “Pecado Mortal”, “Rebelde”; “Bela, a Feia”; “Luz do sol” e “Floribella”. É autor do livro “Faça-me rir – os segredos da comédia”.